0
  • Seu Carrinho está vazio.

Desmistificando a L-Carnitina

Compartilhar via:

Rodrigo Viterbo

Desmistificando a L-Carnitina

O que é?

Carnitina é uma substância presente no organismo e que possui funções importantes relacionadas ao metabolismo dos lipídios (gorduras). A forma biologicamente ativa é a L-Carnitina.

A L-Carnitina pode ser produzida em alguns órgãos, como fígado, rins e cérebro. Em determinadas situações, a demanda do organismo supera a sua capacidade de produção, como observado em indivíduos que realizam exercícios físicos e em algumas doenças sistêmicas; sendo a insuficiência renal dialítica e a insuficiência hepática exemplos destas doenças.

 

Como ela age?

A L-Carnitina é absorvida pelos enterócitos – células presentes no intestino – e é transportada para o sangue. Uma vez na corrente sanguínea, liga-se a moléculas específicas, e é transportada para os diversos tecidos corporais, entre eles, o tecido muscular. Uma vez dentro das células, pode realizar sua função, auxiliando no Metabolismo Lipídico. Mais especificamente, ela auxilia no transporte dos Ácidos Graxos de Cadeia Longa para o interior da mitocôndria, permitindo que estes sejam oxidados para a produção de energia na forma de ATP. Esta energia é aquela utilizada pelo organismo para manutenção das funções celulares, para o exercício físico e também para o processo de recuperação muscular.

Além disto, estudos recentes sugerem que a L-Carnitina também possui funções importantes no metabolismo da glicose e na redução da formação de ácido lático, aumentando o desempenho durante o exercício físico.

 

Maximize seus resultados

A L-Carnitina Maximize é apresentada em porções de 1500mg, em associação com 1050mg de Guaraná, 300mg de Gengibre, 16mg de Niacina, 35mcg de Cromo e 45mg de Vitamina C.

  • O Guaraná, nativo da América do Sul, contém substâncias que aceleram o processo de lipólise (quebra da gordura) e reduzem a lipogênese (formação de gordura). Além disto, possui uma ação vasodilatadora importante. Este efeito é tribuído à cafeína, presente em sua composição em quantidade superior àquela encontrada no próprio café.
  • A Niacina, por sua vez, possui propriedades impares no metabolismo lipídico relacionado ao Colesterol. Também conhecida como Vitamina B3, ela é capaz de modificar os padrões de colesterol por meio de sua ação, com efeitos importantes no aumento do HDL-Colesterol, também chamado de “bom colesterol”. Ela tem sido muito utilizada dentro das atuais diretrizes e protocolos para o tratamento das Dislipidemias e doenças do Metabolismo do Colesterol.
  • Já o Gengibre é amplamente utilizado pela cultura asiática e possui funções importantes no processo do metabolismo lipídico. Devido as suas propriedades termogênicas e lipolíticas, também é capaz de reduzir a lipogênese e de aumentar a saciedade.
  • O Cromo tem sido muito estudado por seus efeitos benéficos relacionados ao metabolismo da glicose, auxiliando no controle dos níveis da glicemia. Estudos, ainda inconclusivos, tentam elucidar seus efeitos potenciais relacionados ao aumento do HDL-colesterol, atribuindo um possível efeito protetor, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares.
  • A Vitamina C é uma vitamina hidrossolúvel com diversas propriedades. Destacamos aqui uma muito importante: sua participação na síntese do colágeno. Sua deficiência, como bem difundida na medicina, manifesta-se na forma de uma doença denominada Escorbuto.

 

Como utilizar?

A melhor forma de utilizar a L-Carnitina é de duas a três capsulas tomadas durante o dia, de preferência antes de atividades que demandem energia. Também é importante alertar que o seu consumo em excesso pode desencadear desconforto gastrointestinal.

 

Doutor Luis Guilherme R. A. Rezende graduado em Medicina pela Universidade de Ribeirão Preto. Pós-Graduado em Medicina do Esporte.

 

Clique Aqui para comprar!

 

Leave a Comment